Acessibilidade

Tamanho da Fonte

Alto contraste
Ir para o conteúdo 1 Ir para o menu 2 Ir para o rodapé 3
TCE/TO > Sala de imprensa > Notícias > XXV Assembleia Geral OLACEFS é realizada no México

XXV Assembleia Geral OLACEFS é realizada no México

10 Visualizações
Publicado: 24 de novembro de 2015 - Última Alteração: 24 de novembro de 2015

Tamanho da Fonte

Participação Cidadã e Tecnologia da Informação são temas do encontro

Teve início nesta segunda-feira, 23, na cidade de Santiago de Queretaro, no México, a reunião anual ordinária da OLACEFS – Organização Latino Americana e do Caribe de Entidades Fiscalizadoras Superiores. A abertura do evento foi realizada no Teatro de La República com a presença do presidente do México, Enrique Peña Nieto; do governador do Estado de Queretaro, Francisco Domínguez Servién; do Secretário da Função Pública, Virgilio Andrade Martinez; do presidente da Comissão de Vigilância de Auditoria Superior da Federação do México, Luis Maldonado Venegas; do presidente do Tribunal de Contas da União (TCU) e também presidente da OLACEFS, Ministro Aroldo Oliveira Cedraz; e do Auditor Superior da Federação do México, Juan Manuel Portal.

O Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE/TO) foi representado pelo presidente, conselheiro Manoel Pires dos Santos, e pelo conselheiro Napoleão de Souza Luz Sobrinho.

Temáticas do encontro
O evento tem foco em duas áreas temáticas consideradas de particular relevância para as instituições de controle: a Participação Cidadã e Tecnologia da Informação e Comunicação. É a oportunidade para abordar essas questões e avaliar os progressos realizados pelas entidades fiscalizadoras em nível regional e global.

Programação
A programação desta terça-feira conta com a palestra: Participação do cidadão e Entidades de Fiscalização Superiores – impactos sobre o controle e geração de valor, com o painel de especialistas sobre a participação da sociedade, mesa de debates, plenária sobre participação cidadã, painel sobre Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, apresentação dos resultados das auditorias coordenadas (TCU), painel sobre desenvolvimentos regionais e quadro global do marco de medição do desempenho e, por fim, exposição do relatório preliminar sobre a Governança Pública da OCDE (organização que objetiva promover políticas para o desenvolvimento econômico e o bem-estar social em todo o mundo).

O encontro segue até a próxima quinta-feira.