Acessibilidade

Tamanho da Fonte

Alto contraste
Ir para o conteúdo 1 Ir para o menu 2 Ir para o rodapé 3
TCE/TO > Sala de imprensa > Notícias > Universitários ministram palestras sobre práticas de controle social

Universitários ministram palestras sobre práticas de controle social

48 Visualizações
Publicado: 8 de maio de 2015 - Última Alteração: 8 de maio de 2015

Tamanho da Fonte

Iniciativa é fruto de parceria do TCE/TO e CEULP/ULBRA

Em sala de aula lotada de estudantes do ensino médio do Colégio Militar de Palmas (CPM), os universitários do curso direito, do Centro Universitário Luterano de Palmas (CEULP/ULBRA), ministraram a primeira palestra do projeto sobre práticas de Controle Social, na tarde desta quinta-feira, 7. A iniciativa, que tem como intuito despertar nos alunos o desejo por uma maior participação popular nas decisões governamentais, conta com a parceria do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE/TO).

Os universitários, que fazem parte do Grupo de Estudos de Direito Administrativo (GEDA), sob coordenação da professora Dagmar Gemelli, que também é assessora especial do TCE/TO, promovem a segunda edição do projeto, nesta sexta-feira, 8, na mesma instituição de ensino. “A proposta é realizarmos palestras mensais em diversas escolas públicas da capital”, destacou Gemelli.

Na palestra, foram apresentados os mecanismos para a participação social nas políticas públicas e o controle da população sobre as ações sociais governo. Orientações de como funciona e de como entrar em contato com os conselhos municipais, tais como o Conselho de Saúde, Conselho de Alimentação Escolar, Conselho de Assistência Social e Conselho Municipal do Idoso, também foram expostos.

Para a palestrante do GEDA, a estudante Maiely Pajeú, o assunto Controle Social deve ser debatido nas escolas para um exercício mais ativo do cidadão comum nos conselhos municipais, além de alertar sobre a existência de dispositivos e ferramentas para que o mesmo possa exercer esse controle.

O estudante do CPM, Marco Antônio, comenta que a iniciativa “proporcionou aos alunos o conhecimento dos seus direitos na participação do controle social e que abriu um leque de benefícios não conhecidos antes”.

IMG 8696

 

 

 

 

 

Universitários ministram palestras sobre controle social
Iniciativa é fruto de parceria do TCE/TO e CEULP/ULBRA

Em sala lotada de estudantes do terceiro ano do ensino médio, os universitários do curso direito, do Centro Universitário Luterano de Palmas (CEULP/ULBRA), ministraram a primeira palestra sobre políticas de Controle Social. O projeto, que tem como intuito despertar nos alunos o desejo por uma maior participação popular nas decisões governamentais, conta com a parceria do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE/TO).

Os universitários, que fazem parte do Grupo de Estudos de Direito Administrativo (GEDA), sob coordenação da professora Dagmar Gemelli, que também é assessora especial do TCE/TO, cumpriram, na tarde de quinta-feira, 7, o primeiro encontro no Colégio Militar de Palmas (CPM).  A próxima edição acontece nesta sexta-feira, 8. “A proposta é realizarmos palestras mensais em diversas escolas públicas da capital”, destacou Gemelli.

Na palestra, foram apresentados os mecanismos para a participação social nas políticas públicas e o controle da população sobre as ações sociais governo. Orientações de como funciona e de como entrar em contato com os conselhos municipais, tais como o Conselho de Saúde, Conselho de Alimentação Escolar, Conselho de Assistência Social e Conselho Municipal do Idoso, também foram expostos.

Para a palestrante do GEDA, a estudante Maiely Pajeú, o assunto Controle Social deve ser debatido nas escolas para um exercício mais ativo do cidadão comum nos conselhos municipais, além de alertar sobre a existência de dispositivos e ferramentas para que o mesmo possa exercer esse controle.

O estudante do CPM, Marco Antônio, comenta que a iniciativa “proporcionou aos alunos o conhecimento dos seus direitos na participação do controle social e que abriu um leque de benefícios não conhecidos antes”.