Acessibilidade

Tamanho da Fonte

Alto contraste
Ir para o conteúdo 1 Ir para o menu 2 Ir para o rodapé 3
TCE/TO > Sala de imprensa > Notícias > TCE/TO divulga resultados do IEGM

TCE/TO divulga resultados do IEGM

6 Visualizações
Publicado: 15 de dezembro de 2016 - Última Alteração: 15 de dezembro de 2016

Tamanho da Fonte

Efetividade dos municípios foi apresentada no Encontro para Prefeitos Eleitos

Na manhã desta quinta-feira, 15, o Tribunal de Contas do Tocantins apresentou os resultados do Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), durante o Encontro para Prefeitos Eleitos. A coordenadora de Auditorias Especiais do TCE/TO, Lígia Braga, destacou que o levantamento, promovido por meio de aplicação de questionários, é um instrumento de medição do desempenho da gestão pública. “Foram avaliados 126 municípios. Tivemos apenas 13 prefeituras que não responderam aos questionários eletrônicos”, destacou a coordenadora. Os resultados do IEGM podem ser consultados, na íntegra, no Portal IEGM.

Lígia Braga explicou que o IEGM, realizado pelo TCE, em parceria com o Instituto Rui Barbosa (IRB), TCE/MG e TCE/SP, avaliou 7 áreas, no exercício de 2015: Saúde, Educação, Planejamento, Fiscal, Meio Ambiente, Cidades e Tecnologia da Informação. “Dentro desse trabalho, classificamos os municípios por faixas – A (Altamente Efetiva) B+ (Muito Efetiva) B (Efetiva) C+ (Em Fase de Adequação) C (Baixo Nível de Adequação).

 

Slide08

Resultados

Nenhum município tocantinense ficou classificado nas faixas A (Altamente Efetivo) e B+ (Muito Efetivo). 60%, ou seja, 76 municípios, ficaram na faixa C+. “Isso significa que estão desenvolvendo seu nível de adequação, ainda, pois não são totalmente efetivos”.

 

Slide12

A coordenadora alertou os prefeitos eleitos da importância do planejamento na administração pública. Lígia pontuou, inclusive, que esse item do IEGM foi o pior avaliado. “Tivemos até nota zero neste quesito”.  


Confira as avaliações gerais nas 7 áreas:


Saúde

Slide18

Educação

Slide13


Planejamento

Slide22


Fiscal

 

Slide26


Meio Ambiente

Slide28

 

Cidades


Slide32



Tecnologia da Informação

Slide37

 


Lígia Braga frisou que os resultados, baseados em informações dos municípios, estão sendo auditados pelo TCE e que, portanto, os números apresentados podem alterar.


Municípios que não responderam aos questionários
Abreulândia, Aragominas, Araguatins, Carmolândia, Carrasco Bonito, Esperantina, Goiatins, Ipueiras, Itaporã, Piraquê, Praia Norte, Santa Fé do Araguaia e São Miguel do Tocantins.

 

Palestra TCU

Na última palestra da manhã, intitulada “TCU e suas funções Constitucionais de fiscalização e controle”, a auditora do Tribunal de Contas da União, Antônia Maria da Silva, chamou a atenção dos presentes sobre a finalidade da gestão pública, que é atender aos anseios dos cidadãos. 

DSC 9953 TCU Antônia