Acessibilidade

Tamanho da Fonte

Alto contraste
Ir para o conteúdo 1 Ir para o menu 2 Ir para o rodapé 3
TCE/TO > Sala de imprensa > Notícias > TCE de Portas Abertas recebe acadêmicos de Direito da Fasec

TCE de Portas Abertas recebe acadêmicos de Direito da Fasec

9 Visualizações
Publicado: 18 de setembro de 2019 - Última Alteração: 7 de abril de 2020

Tamanho da Fonte

Cerca de 30 alunos conheceram a estrutura e como funciona a instituição

O Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO) mais uma vez abriu suas portas e recebeu na tarde desta quarta-feira, 18, a visita dos cerca de 30 acadêmicos do 10º período do curso de Direito da Faculdade Serra do Carmo (Fasec). 

 

Por meio do programa “TCE de Portas Abertas” os alunos conheceram a estrutura da instituição, seus departamentos e como eles funcionam. Além disso, puderam conferir de perto como são desempenhadas as funções de quem trabalha na Corte. 

 

Os acadêmicos também tiveram um bate-papo com o assessor jurídico da presidência do TCE, Yuri Jurubeba, que explicou detalhadamente as funções, atribuições e composição da Corte. 

 

“Aqui nós estamos aprendendo na prática o que a gente vê na teoria. Quando vivenciamos a prática a gente tem uma visão mais ampla sobre a nossa atuação”, avaliou a acadêmica Luciene da Silva Oliveira. 

 

Após o bate-papo, os alunos assistiram a sessão do Pleno, onde receberam as boas-vindas do presidente e conselheiros do TCE. “Para nós é uma imensa satisfação recebê-los. Sejam bem-vindos e aproveitem bem essa tarde”, disse o presidente da Corte, conselheiro Severiano Costandrade. 

 

A visita ao Memorial também fez parte da programação. No espaço, os estudantes conheceram toda a história de criação da Corte, que foi explanada pela servidora Márcia Barbosa. Na ocasião também foram sorteados livros de autoria do conselheiro substituto, Orlando Alves da Silva. 

 

“Quando o Tribunal de Contas abre esse espaço para que os estudantes venham conhecer, isso faz que com que fortaleça o espírito de sociedade, democracia e de responsabilidade pelas contas que precisamos sempre cobrar do poder público”, pontuou o professor de Direito, Murilo Braz Vieira. 

 

Finalizando as atividades, o auditor de controle externo, Antônio de Pádua, apresentou a biblioteca Conselheiro José Ribamar Meneses, contando sua história, acervo disponível, horário de funcionamento, dentre outras informações. 

 

A assistente de ouvidoria, Heloísa Lemos, mostrou os principais canais de comunicação do TCE com o cidadão, como e onde podem ser realizas as manifestações da má aplicação dos recursos públicos e destacou o quão importante é o papel da Ouvidoria para a sociedade. 

 

O servidor da assessoria de comunicação, Giordano Bruno, apresentou as redes sociais da Corte e convidou os alunos a seguirem e interagirem com o TCE nas plataformas digitais.