Acessibilidade

Tamanho da Fonte

Alto contraste
Ir para o conteúdo 1 Ir para o menu 2 Ir para o rodapé 3
TCE/TO > Sala de imprensa > Notícias > Realizada segunda reunião para análise das contas do Governo do Estado

Realizada segunda reunião para análise das contas do Governo do Estado

42 Visualizações
Publicado: 23 de outubro de 2015 - Última Alteração: 23 de outubro de 2015

Tamanho da Fonte

A Comissão do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO), responsável pela análise das contas consolidadas do Governo do Estado do Tocantins, exercício financeiro de 2014, coordenada pelo relator conselheiro André Luiz de Matos Gonçalves, se reuniu novamente com representantes do governo estadual.

O encontro dá andamento a uma ação conjunta que visa prevenir possíveis erros no uso do dinheiro público, principalmente no que tange à arrecadação do Estado. Por isso, além de verificar a aplicação dos índices constitucionais em saúde e educação, a análise da receita também será um dos focos. Segundo o conselheiro titular da 2ª relatoria, relator das contas do Governo de 2015, André Luiz de Matos Gonçalves, esse é um trabalho de verificação concomitante. “Precisamos trabalhar com mais biópsia e menos autópsia”, disse, citando o jargão popular.

Participaram da reunião, além do conselheiro, sua equipe e a Comissão de Análise das Contas, representantes do Estado: secretário-chefe da CGE, Luiz Antônio da Rocha; secretário de Educação, Adão Francisco de Oliveira; sub-secretária de saúde, Maria Auri Gonçalves Souza e o procurador-geral, Sérgio Rodrigo do Vale.

Comissão

Fazem parte da comissão de análise das contas os servidores/membros: Conselheiro Substituto Parsondas Martins Viana, Ana Carolina Ribeiro de Moraes, Carolina Vieira de Paula, Clarice Gomes da Silva Freitas, Denis Luciano Pereira Araújo, Dilce Moura Stakoviak, Dimas Baía de Castro Filho, Elane Silva Ataídes, Joana Dark de Souza, Lilian Cavalcante Araújo, Márcia de Carvalho Ribeiro, Nilton Rocha Borges, Rafael Oliveira Vilarino, Ramon Gomes Queiroz, Renan de Arimatea Pereira, Sônia Lima da Costa e Wemerson Rodrigues Figueira.


Contas consolidadas

Nas contas consolidadas, o Tribunal emite parecer prévio e encaminha à Assembleia Legislativa para julgamento final. Já no caso das contas de ordenador, (secretários, presidentes de autarquias e fundações) é o Tribunal que tem a função de julgar.