Acessibilidade

Tamanho da Fonte

Alto contraste
Ir para o conteúdo 1 Ir para o menu 2 Ir para o rodapé 3
TCE/TO > Sala de imprensa > Notícias > Planejamento Estratégico 2016/2021 do TCE/TO é validado

Planejamento Estratégico 2016/2021 do TCE/TO é validado

9 Visualizações
Publicado: 30 de junho de 2016 - Última Alteração: 7 de abril de 2020

Tamanho da Fonte

Próxima etapa é a sua aprovação pelo Tribunal Pleno

Após seis meses de trabalho árduo e comprometimento para a elaboração do Planejamento Estratégico do Tribunal de Contas do Tocantins, o Comitê Estratégico se reuniu na tarde desta quinta-feira, 30, para legitimar todas as ações e metas estabelecidas, que serão direcionadores do TCE/TO até o ano de 2021.

A assessora de Planejamento e Desenvolvimento Organizacional, Márcia Cristina Gonçalves da Cruz, coordenadora desse processo, declarou que todas as suas expectativas foram atendidas. “O projeto de elaboração do Planejamento Estratégico 2016/20121 foi concluído dentro do prazo estipulado e com qualidade, estamos todos contentes com o resultado e todos de parabéns pela dedicação”, ressaltou.


Para o consultor Marcelo Peres, representante da empresa G4F Soluções Corporativas, hoje passa a ser o marco de validação de todas as etapas de construção do projeto. “A validação é o momento de apresentar tudo aquilo que foi construído junto às equipes técnicas e sob a coordenação e condução do comitê de planejamento e os membros da alta direção, de tal forma que eles validem, chancelem e que de alguma forma assumam o compromisso da implementação de tudo aquilo que foi definido como estratégia”, explicou.


Foram apresentados todos os objetivos traçados no Planejamento, bem como o negócio, missão, visão de futuro e valores a serem conquistados para o Tribunal, dando enfoque à visão de futuro, que se resume ao reconhecimento do Tribunal como instituição de excelência no controle de gestão e dos recursos públicos, como bem ressaltou o consultor Marcelo Peres. 

Ao final das apresentações, o presidente do TCE/TO, conselheiro Manoel Pires, fez suas considerações sobre todo o processo de elaboração do planejamento e a sua importância para a conquista do que prevê a visão de futuro. Também agradeceu aos consultores, Marcelo Peres e Raphael Valente, os quais orientaram todo o processo, a todos que participaram da elaboração do plano e o apoio dos membros do TCE/TO.


O próximo passo para a execução dos objetivos do Planejamento Estratégico é o seu encaminhamento ao Pleno para ser aprovado.

  

Objetivos Estratégicos

O planejamento contempla 14 objetivos estratégicos, que foram apresentados pelos seguintes membros da equipe:

1-      Dhenia Gerhardt.

Objetivo 1: Fortalecer a imagem institucional.

2-      Wellane Monteiro.

Objetivo 2: Ampliar a efetividade das ações de Controle Externo.

Objetivo 3: Contribuir com o aperfeiçoamento da Gestão Pública.

3-      Moisés Labre.

Objetivo 4: Executar controle externo concomitante com base em informações estratégicas e riscos.

4-      Wellane Monteiro.

Objetivo 5: Garantir a qualidade do Controle Externo.

Objetivo 6: Executar controle externo concomitante com base em informações estratégicas e riscos.

5-      Marcelo Peres.

Objetivo 7: Incentivar o controle social e a participação da sociedade nas ações de controle externo.

6-      Dhenia Gerhardt.
Objetivo 8: Promover a celeridade e qualidade no atendimento.

7-      Lauri Meyer.

Objetivo 9: Aperfeiçoar ações de comunicação e de relacionamento com públicos estratégicos.

8-      Márcia Cristina.

Objetivo 10: Aperfeiçoar a governança e a gestão organizacional.

9-      Karin T. Dias.
Objetivo 11: Aprimorar as competências de forma alinhada às estratégias.

10    – Osmarina Andrade.

Objetivo 12: Promover a melhoria do nível de desempenho e a valorização dos servidores.

11    Francisco de Assis.

Objetivo 13: Garantir a disponibilidade de informação para a operação e tomada de decisão.

12    Marcelo Olímpio.

Objetivo 14: Alinhar o Planejamento Orçamentário ao Plano Estratégico.