Acessibilidade

Tamanho da Fonte

Alto contraste
Ir para o conteúdo 1 Ir para o menu 2 Ir para o rodapé 3
TCE/TO > Sala de imprensa > Notícias > Tribunal aplica segunda etapa do curso de Aperfeiçoamento da Gestão Pública

Tribunal aplica segunda etapa do curso de Aperfeiçoamento da Gestão Pública

18 Visualizações
Publicado: 21 de setembro de 2020 - Última Alteração: 21 de setembro de 2020

Tamanho da Fonte

Objetivo do curso coordenado pela Sexta Relatoria é qualificar servidores das administrações públicas

Começou nesta segunda-feira, 21, a segunda etapa do curso de “Aperfeiçoamento da Gestão Pública” realizado pelo Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO), sob a coordenação da Sexta Relatoria. A capacitação visa o aperfeiçoamento para os servidores das administrações públicas jurisdicionadas à relatoria, que tem como titular o conselheiro Alberto Sevilha. 

 

O curso é ministrado na modalidade de Ensino a Distância (EaD) através da plataforma Google Meet, e terá duração de três dias, segunda, terça e quarta-feira. Será ministrado em cada dia um módulo com temas distintos, embora estejam intrinsecamente relacionados: (I) Governança e Compliance, (II) Controle Interno e (III) Planejamento Estratégico para o Setor Público. 

 

O objetivo geral do curso visa o aperfeiçoamento para servidores das administrações públicas para que possam compreender os limites e o contexto de atuação de um gestor público. Assim como auxiliá-lo tecnicamente na identificação de oportunidades e propor melhorias para os processos de elaboração, execução, acompanhamento, controle e avaliação, visando uma atuação administrativa mais eficiente, confiável e de resultados. 

 

A capacitação terá carga horária total de 24h, com cada módulo estruturado em 8h, sendo os horários das 8h às 12, e das 14h às 18h.

 

Entenda

 

A Sexta Relatoria acompanha as administrações públicas de Aparecida de Rio Negro, Barrolândia, Chapada de Areia, Lajeado, Miracema, Monte Santo, Palmas, Paraíso do Tocantins, Pugmil e Santa Tereza do Tocantins, orientando a gerir os recursos com economicidade, transparência e responsabilidade.