Acessibilidade

Tamanho da Fonte

Alto contraste
Ir para o conteúdo 1 Ir para o menu 2 Ir para o rodapé 3
TCE/TO > Sala de imprensa > Notícias > Saúde masculina é tema de palestra

Saúde masculina é tema de palestra

22 Visualizações
Publicado: 7 de novembro de 2014 - Última Alteração: 7 de novembro de 2014

Tamanho da Fonte

Ação faz parte do Novembro Azul.

Para alertar sobre a saúde do homem e da relevância da prevenção, especialmente do câncer de próstata, o médico urologista Mário Sérgio de Marco Santana falou nesta sexta-feira, 7, no auditório do Tribunal de Contas do Estado. A palestra contou com a presença de membros e servidores da Corte de Contas.

 

“A prevenção é muito importante, não só para as mulheres, mas também para os homens. Não podemos mais continuar perdendo as pessoas para o câncer por falta de prevenção”, disse o presidente do TCE/TO, José Wagner Praxedes. O conselheiro presidente também ressaltou a data de hoje, 7 de novembro. A data marca a criação do Tribunal de Contas da União, em 1890. O TCU foi criado por meio de decreto do então ministro da fazenda, Rui Barbosa. “Nosso Tribunal é uma semente desse decreto, e esses 124 anos do TCU é algo muito importante para comemorarmos”, disse ele, na abertura da palestra.

 

A coordenadora do Programa Qualidade de Vida, Marília Piccolo, também discursou durante o evento: “Nosso objetivo é implementar políticas de qualidade de vida, bem-estar e saúde, um exercício de cidadania. Por isso o TCE está promovendo a campanha Novembro Azul”, disse a coordenadora.

 

“Nesta conversa pudemos esclarecer as dúvidas sobre o assunto, e tivemos uma consulta coletiva, mas sem o exame físico. O TCE está de parabéns em alertar os servidores e a sociedade”, disse o palestrante.

 

Fatores de risco e prevenção

A herança genética é um dos principais fatores de risco do câncer de próstata. Portanto, se houverem casos na família, é importante que o indivíduo fique mais atento. O tabagismo também é um fator importante. Os exercícios físicos aeróbicos, alimentação saudável com ingestão de frutas vermelhas, e vida sexual equilibrada são algumas formas de prevenir a doença.

 

Sintomas

O urologista explicou que não existem sintomas específicos. Apesar de a dificuldade para urinar ser um sintoma, não necessariamente está relacionado ao câncer. De acordo com o médico, só o exame de toque é capaz de identificar a doença e quando detectado no inicio, o tumor tem 90% de chance de cura, o que é muito em um tratamento de câncer.

 

Tratamento

Dr. Mário Sérgio orientou ainda que há diversas formas de tratamento. Além da cirurgia de retirada da próstata, também podem ser feitas a radioterapia, braquiterapia, hormonoterapia e quimioterapia.

Ao final da palestra, o médico urologista esclareceu algumas dúvidas dos servidores. Perguntado sobre exercícios físicos específicos que contribuem na prevenção, o médico respondeu que as atividades físicas em geral ajudam, mas o exercício mais atuante é o aeróbico. Também houve dúvida relacionada a idade necessária para fazer o exame. O médico alertou que antes dos 40 anos não é necessário, e depois dos 45 é muito importante que se faça anualmente.

 

Câncer de Próstata

A prevenção ainda é o melhor remédio para o câncer de próstata. No Brasil, esse tipo de câncer é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele. Ele é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de ¾ dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. Mesmo assim, a idade ideal para começar a fazer o exame de prevenção é partir dos 40 anos.

 

Novembro Azul

Durante o mês de Novembro o TCE/TO alerta os homens quanto à prevenção do câncer de próstata. Para conscientização, o Tribunal se ilumina de azul durante à noite. O prédio em anexo ao TCE/TO, Edifício Ruy Barbosa, ganhou um laço da mesma.

 

Imagem 015

 

Imagem 028

Imagem 031

Imagem 036

Imagem 056

Imagem 058