Acessibilidade

Tamanho da Fonte

Alto contraste
Ir para o conteúdo 1 Ir para o menu 2 Ir para o rodapé 3
TCE/TO > Sala de imprensa > Notícias > Membros da diretoria do IRB participam de videoconferência

Membros da diretoria do IRB participam de videoconferência

165 Visualizações
Publicado: 29 de maio de 2020 - Última Alteração: 29 de maio de 2020

Tamanho da Fonte

Segunda reunião geral do Instituto foi realiza nesta sexta-feira, 29

Os membros da diretoria do Instituto Rui Barbosa (IRB), participaram nesta sexta-feira, 29, por videoconferência, da segunda reunião geral, onde debateram diversos assuntos, como a aprovação da mudança no Estatuto do IRB que permite a participação de membros inativos na diretoria em qualquer cargo, exceto presidência, e a realização de Assembleias online. A atual situação da pandemia pelo novo Coronavírus no Brasil e o trabalho dos Tribunais de Contas diante desse cenário preocupante, mas que exige atenção e fiscalização na aplicação dos recursos públicos também fez parte da pauta. O presidente do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO) e Primeiro Secretário do IRB, conselheiro Severiano Costandrade, e o conselheiro do TCE/TO e coordenador do Comitê Técnico de Jurisprudência, Súmula e Processo do IRB, Manoel Pires do Santos, participaram deste encontro virtual. 

 

O conselheiro do TCEPR e presidente do IRB, Ivan Lelis Bonilha, externou sua preocupação com a pandemia que atinge o país e aproveitou a oportunidade para desejar os pêsames, em nome de todos, a conselheira Dulce Benício, do TCEAC, que perdeu o marido nesta semana. “Nosso sentimento e conforto a todos os familiares. Estamos vivendo momentos difíceis”, ponderou. 

 

Responsável pelo Comitê Técnico de Educação do IRB e conselheiro do TCERS, César Miola destacou que tem sido procurado por jurisdicionados e Conselhos de Educação dos Estados e Municípios para encontrar soluções em conjunto. “Emitimos uma nota técnica com sugestões de fiscalização no período de pandemia. Há muitas preocupações do ponto de vista sanitário e pedagógico. Estamos aproveitando as participações nas lives e divulgando nossos trabalhos. Vamos ainda complementar a Nota Técnica, pois verificamos que sobre educação os portais estão disponibilizando poucas informações”, ressaltou Miola. 

 

Outro assunto abordado na reunião foi manter ou não ativo o domínio do site controlepublico.org.br, diante de novas ações integradas que serão realizadas entre os TCs e a Atricon. O conselheiro Severiano Costandrade defendeu que, “o domínio é um patrimônio que temos (o IRB) e que não podemos perder. É de suma importância. Tudo bem fortalecermos o esforço de comunicação da Atricon e do CNPTC. É uma ação conjunta e estamos buscando o fortalecimento. Mas o objetivo é que o domínio permaneça com o IRB e não podemos descartar”, afirmou o presidente da Corte tocantinense. 

 

O vice-presidente de Relações Institucionais do IRB e conselheiro de TCEMG, Sebastião Helvecio, também acredita que o domínio do site é um dos maiores patrimônios que o IRB tem. “Que continue no Instituto e que possamos utilizar na ideia dentro da integração dos TCs para divulgar as ações”, sugeriu. O conselheiro Ivan Bonilha destacou que todos os presentes na reunião foram ouvidos e a maioria optou pela manutenção do domínio do site e que num próximo encontro será aprofundado os métodos que serão aplicados para as publicações e compartilhamento do conteúdo técnico e também para o controle social. 

 

Sobre o Comitê Técnico de Jurisprudência, Súmula e Processo, o conselheiro Manoel Pires fez um pedido, em especial aos TCs, em relação ao webservice para que possa viabilizar o JurisTCs. “A programação deste ano para o evento foi adiada para 2021. Vamos formatar uma reunião virtual do Comitê para readequar as ações”, destacou o conselheiro. 

 

Os conselheiros discutiram ainda sobre a doação de aparelhos eletrônicos, um novo formato para a realização de fóruns e cursos.