Acessibilidade

Tamanho da Fonte

Alto contraste
Ir para o conteúdo 1 Ir para o menu 2 Ir para o rodapé 3
TCE/TO > Sala de imprensa > Notícias > Inscrições Abertas para o curso de Operacionalização do Sistema CADUN

Inscrições Abertas para o curso de Operacionalização do Sistema CADUN

279 Visualizações
Publicado: 31 de janeiro de 2022 - Última Alteração: 1 de fevereiro de 2022

Tamanho da Fonte

Capacitação faz parte da oferta de cursos contínuos do TCE

Estão abertas as inscrições para o “Treinamento sobre o Sistema de Cadastro Único – CADUN: Teoria e Prática”, do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO). As inscrições para a 1ª turma começaram nesta segunda-feira, 31, e seguem abertas até o dia 7 de fevereiro. A carga horária total será de 10 horas. A capacitação é autoinstrucional, voltada para os jurisdicionados, e faz parte dos cursos contínuos ofertados pela Corte, por meio do Instituto de Contas 5 de Outubro (Iscon).

O curso justifica-se em decorrência da Instrução Normativa nº 02/2020 que trata do Cadastro Único das Unidades Gestoras e dos Responsáveis jurisdicionados do TCE/TO, que revogou a Instrução Normativa nº 09/2012. Um dos objetivos é demonstrar a importância do CADUN para a utilização dos diversos Sistemas da Corte de Contas, bem como para se efetuar as comunicações decorrentes dos processos finalísticos e administrativos. 

Como a capacitação faz parte dos cursos contínuos, uma nova turma será  disponibilizada mensalmente. As inscrições serão abertas sempre na primeira semana do mês e, após efetuar a inscrição, o participante terá o último dia do mês para concluir o curso e receber a certificação, onde será necessário responder o questionário avaliativo, através da plataforma AVA, contendo 10 questões com alternativas de múltipla escolha e obter, no mínimo, 70% de aproveitamento. Para cada participante, são atribuídas três tentativas de responder o questionário.

O que é Cadun?

O Sistema CADUN é um cadastro único para manter atualizados os dados e documentos das unidades gestoras, dos próprios gestores e do rol de responsáveis pelas áreas de manuseio de bens e valores da unidade: controle interno, contabilidade, recursos humanos, etc. A inserção e a manutenção de manter esses cadastros atualizados é medida obrigatória, onde o não envio é passível de sanções, além de ser uma condição necessária para garantir o acesso aos sistemas de envio de remessa e de comunicação de atos processuais, uniformizando e unificando procedimentos e propiciar maior agilidade no envio de informações ao Tribunal de Contas, garantindo total transparência no fluxo de informações.

Para realizar a inscrição, clique aqui.