Acessibilidade

Tamanho da Fonte

Alto contraste
Ir para o conteúdo 1 Ir para o menu 2 Ir para o rodapé 3
TCE/TO > Sala de imprensa > Notícias > Projeto sobre Hospital de Amor é apresentado a servidores do TCE/TO

Projeto sobre Hospital de Amor é apresentado a servidores do TCE/TO

12 Visualizações
Publicado: 21 de março de 2019 - Última Alteração: 7 de abril de 2020

Tamanho da Fonte

Coordenadores e arquiteta da instituição explicaram a importância da obra para o Estado e os meios legais de contribuição

Um encontro realizado na tarde desta quinta-feira, 21, abordou uma causa nobre e solidária. Servidores do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO) tiraram um momento da sua tarde para conhecer mais sobre o projeto do Hospital de Amor, entidade que está sendo construída na Capital.

 

Na ocasião, o coordenador do hospital no Tocantins, Pará e Maranhão, Leonel Dias, que realiza trabalho voluntário desde 2014, iniciou o momento falando sobre o que é o Hospital de Amor, qual o papel que ele e os demais coordenadores desempenham, bem como as ações que são realizadas para arrecadar fundos.

 

Leonel explicou que hoje são mais de 800 coordenadores em todo o Brasil e que mais de 50 atuam no Tocantins, em várias cidades. Afirmou ainda que todos trabalham voluntariamente com o objetivo de captar recursos para o hospital. “O hospital de Amor é encantador. Nós vamos ter essa entidade aqui em Palmas, com o mesmo formato e a mesma essência da unidade de Barretos”, ressaltou.

 

O voluntário também agradeceu ao presidente do TCE/TO, conselheiro Severiano Costandrade, pela parceria e a oportunidade de realizar a divulgação dentro da Corte. Severiano não pode estar presente no encontro devido ao cumprimento da agenda de compromissos em Brasília, mas apoia a iniciativa e a mobilização em prol da construção do hospital em Palmas.

 

Além das explicações repassadas, um vídeo sobre o hospital de Barretos, localizado em São Paulo, também deixou claro onde é investido todo o recurso doado à entidade.

 

O auditor de controle externo, Evandro Guimarães Santos Filho, contou o seu relato sobre a luta que a melhor amiga Eliza, enfrentou durante o tratamento contra o câncer de mama. Evandro esteve com a amiga no hospital do câncer de Barretos, onde ela recebeu tratamento e foi totalmente curada. “A primeira coisa que devemos ter em um momento como esses é coragem e muita fé”, finalizou Evandro.

 

No encerramento, a arquiteta voluntária e idealizadora da obra no Tocantins, Mônica Avelino, destacou a chance de reunir os servidores do TCE. “Agradecemos a oportunidade de falar de um projeto como este para que todos possam fazer parte dessa obra. Contamos com a ajuda de vocês nesta luta voluntária para salvar vidas”, frisou.

 

O Coral de Contas também participou do momento, cantando a música “ Uma força chamada amor”, para abrilhantar o encontro.

 

Ações

  

Dentre as ações promovidas pelos coordenadores, Leonel Dias destacou que são realizados leilões, caminhadas, há uma parceria com o Mc Donald’s que realiza a cada ano o “Mc dia feliz” e todo o dinheiro arrecadado com os fast foods são doados ao hospital de Barretos, além dos cofrinhos que são espalhados por todo o Brasil, bem como outras iniciativas.

 

Doação

 

Há pouco mais de um ano, a técnica de controle externo Edna Maria Rodrigues Moura, decidiu mudar o visual cortando parte do seu cabelo. Na mesma ocasião, a servidora tomou a decisão de doar as madeixas quando houvesse a oportunidade.

 

Assim, durante a apresentação da obra do Hospital de Amor, a técnica realizou a entrega da doação aos coordenadores da entidade.

 

“Para nós, um simples cabelo não pode significar nada, mas essa doação pode fazer uma grande diferença na vida de outras pessoas. Devemos doar com a alma livre, espontaneamente. Doando amor em forma de peruca”, destacou Edna Maria.

 

Números

 

Em 2018, um total de 192.215 pacientes de 2.167 municípios brasileiros receberam atendimentos de diversas áreas no hospital de Barretos de São Paulo.

 

Até agora, 805 pacientes de 94 municípios do Estado recebem tratamento no hospital. Cinquenta por cento desses números estão relacionados ao câncer de mama e próstata.

 

Presente

 

O diretor-geral de Administração e Finanças, Heliar Peu, juntamente com a técnica de controle externo, Edna Maria Rodrigues, receberam um livro sobre a história do Hospital de Amor. Além disso, um exemplar foi doado para fazer parte do acervo da biblioteca da Corte de Contas.